Guia completo para curtir o feriadão de São João na praia de Porto de Galinhas – PE.

A fogueira já está quase queimando e o forró já está marcando o São João que está chegando…

…mas para quem não gosta dos festejos juninos, temos boas notícias para quem quer curtir o feriadão longe das festas juninas.

Como a maior parte das comemorações acontece no interior, uma boa alternativa para fugir é aproveitar a praia!

 

 

Eleita por 10 vezes consecutivas a melhor praia do país pela revista Viagem & Turismo, Porto de Galinhas também é o quinto destino mais procurado do Brasil para turismo de lazer. Tanto que se tornou uma região mais famosa do que o próprio município onde está situada — Ipojuca. Em Porto, o balneário mais badalado do país, o visitante pode aproveitar os minutos de diversão na terra ou no mar. Quem escolher ficar em solo firme pode fazer compras na Vila de Pescadores, andar sobre quatro rodas no Porto Skatepark, curtir shows nos bares e restaurantes da região, entre outras atividades que descreveremos melhor a seguir. Já o turista que optar por atividades aquáticas, pode tomar um agradável banho de mar nas águas mornas, dar um mergulho nas piscinas naturais em companhia de peixes tropicais ou ainda realizar um passeio de jangada para apreciar a beleza local. Com essas alternativas não tem como não aproveitar a temporada na melhor praia do Brasil.

 

Confira nossas dicas de atividades em Porto para aproveitar, seja com os amigos ou em família, na alta ou na baixa temporada!

 

Dicas sobre o que fazer em Porto de Galinhas:

 

Surfe

 

 

Para quem pensa que Porto de Galinhas é um lugar para descanso, engana-se. O balneário também é sinônimo de diversão. Isso porque a localidade oferece diversas alternativas de entretenimento.

A Praia de Maracaípe reúne surfistas e abriga os campeonatos de surfe, nacionais e internacionais, na região. A prática do surfe também pode ser feita na praia do Cupe, ainda em Porto de Galinhas.

DICA: Perto da vila de Porto de Galinhas existe um “beach break”, ondas que quebram em fundo de areia, com esquerdas e direitas que quando entra o vento terral ficam perfeitas especialmente no inverno pernambucano.

 

Empresas para aula ou aluguel de prancha para Surfe e Kite Surfe:

Borete Baobá – Escola de surfe

Picuí – Telefone: (81) 9759-2825

 

 

Piscinas Naturais

 

 

Independentemente da época do ano que você escolher para viajar, é de grande importância estar ligado na tábua de marés e monitorar os melhores dias para ver as piscinas naturais formadas.

Elas se formam durante a maré baixa – fato que acontece duas vezes ao dia, durante, aproximadamente, duas semanas por mês. As fases da lua influenciam diretamente as marés; portanto, nem todas as luas são legais para encontrar a maré baixinha.

Nas semanas de lua cheia e lua nova, a oscilação entre o ponto mais alto e o mais baixo da maré é maior (perto de 0.0/0.1 e 2.5), logo, as marés ficam mais rasas e mais cheias nesse período e são as melhores semanas para uma viagem.

 

 

Mergulho

 

 

Você pode praticar o mergulho nos corais das Piscinas Naturais, na parede de arrecifes de Muro Alto ou até mesmo, para os mais experientes, nos naufrágios que se encontram nas praias de Porto de Galinhas.

Para delírio dos viajantes, o calor típico do Nordeste brasileiro está presente o ano todo em Porto de Galinhas e, por isso, o lugar nunca fica completamente vazio. O clima, entretanto, sofre variações com o passar das estações e fica um pouco chuvoso no inverno.

A média anual de temperatura dessa região está na casa dos 26ºC, garantindo que a água do mar esteja morna durante todo o ano, sempre agradável para um mergulho. Mesmo durante uma viagem nesse período (Abril a Agosto), bons dias de sol podem acontecer. Esse período é o ideal para conseguir boas ofertas de hospedagem exatamente pelo risco das condições climáticas.

Para quem curte mergulhar, segue a dica de empresa de mergulho de Porto:

Porto Dive – Telefone: (81) 3552-2920

Submerso Scuba Dive  Telefone: (81) 3552-1196

Aquamarina – Telefone: (81) 3552-2584

Aquatic center – Telefone:(81) 98698-0714

 

 

Principais pontos de mergulho:

Pedra do Ada (28m) é uma laje com significativa diversidade de vida marinha. Local propício para fotos submarinas.

Boca da Barra (12m) é uma bancada de arrecifes a 200m da praia que permite mergulho diurno e noturno, onde se pode ver lagostas, peixes-pedra, polvos, linguados, moréias, chirugiões, poliquetas e loretas.

Poço da Paixão (12m) é uma bancada de arrecifes a 200 metros da praia que, freqüentemente, permite avistar lagostas, polvos, linguados, moréias, chirugiões e peixes-pedra.

Bolo (25m) é uma laje de arrecifes, em forma de bolo, por isso a denominação. Podem ser vistas arraias, moréias, ciobas e dentões.

Navio do gás (11m) é o navio IGEL afundado em 1959 a 500m do litoral de Porto de Galinhas e que transportava uma carga de gás de Salvador para Fortaleza.

Trinta (30m) são cabeças de arrecifes, que formam corredores e túneis a 5 milhas da costa. Podem ser vistos arraias, moréias, ciobas, dentões, tartarugas e tubarões.

Gonçalo Coelho (33m) é uma embarcação militar (67m de comprimento) afundada propositalmente, para mergulho autônomo em 1999. O ponto permite visibilidade no verão de 25 a 30 metros. É freqüente encontrar cardumes de peixes de todos tamanhos: dentões, ciobas, moréias gigantes, tartarugas, arraias, e meros.

Galeão (35m) é um barco que sofreu um antigo naufrágio (provavelmente em 1700) a 18 milhas da costa de Serrambi. Os pescadores chamam a região de “carvoreio” e pode-se ver uma quilha de madeira, com pedaços de casco, duas âncoras enormes e significativa diversidade de vida marinha. As partes que restaram não permitem identificar o tipo de barco. Deve ter sido um galeão ou um veleiro de carga.

Rebocador Marte (33m) é um rebocador afundado propositalmente a 12 km da costa de Serrambi para mergulho autônomo em abril 1998. Permite visibilidade no verão de 25 a 30 metros onde freqüentemente se avistam cardumes de peixes pequenos, dentões, ciobas, moréias gigantes, tartarugas e arraias.

Taçaíba (18m) é uma laje de arrecifes a 2 milhas da costa, onde podem ser realizados mergulhos em correnteza. Freqüentemente se avistam corais, esponjas, peixes de moradia e peixes de passagem. São também promovidos passeios com mergulhos em manguezais de rios (rio Ariquindá, no Município de Tamandaré).

 

 

Stand Up Paddle

 

 

De origem havaiana, esse esporte é uma forma antiga de surfe, e ressurgiu como uma maneira de os instrutores de surfe administrarem os seus grandes grupos de alunos, pelo fato de estar em pé na prancha lhes dar uma maior visibilidade.

As praias de mar calmo, como Pontal de Maracaípe e Muro Alto, são ideais para a prática do Stand Up Paddle.

No Pontal de Maracaípe, você poderá alugar pranchas e caiaques. As águas calmas oferecem as condições ideais para a prática de SUP e caiaque, tanto para os atletas experientes quanto para quem quer se aventurar pela primeira vez. A atividade é recomendada para todas as idades!

 

 

Kite Surfe

 

 

A prática do kite surfe está se tornando cada vez mais popular na praia de Maracaípe, até pouco tempo freqüentada apenas por surfistas. Se você estiver interessado em aprender este esporte, a praia conta com instrutores e está localizada a apenas 2 km de Porto de Galinhas.

Maracaípe se tornou um dos mais importantes picos de KITEWAVE do Brasil por sua paisagem linda e seus ventos perfeitos durante a temporada, e é sede de uma etapa do campeonato Brasileiro. O lugar já é bem conhecido pelo surfe, por isso respeito ao velejar com o kite, provavelmente não estará sozinho na água. A melhor temporada é de junho a agosto, mas em outros meses também rola velejo.

 

Para quem quer aulas de Kite Surfe em Pernambuco vale a pena conferir esse site: www.kitesurfpe.com.br

 

 

Bike

 

 

Sol, céu azul, belas praias, piscinas naturais verde-esmeralda, cachoeiras, mangues e florestas de coqueiros aguardam o viajante que planeja desvendar Porto de Galinhas de bicicleta.

Alternativa saudável e divertida para conhecer o balneário mais visitado de Pernambuco e um dos lugares mais bonitos do Brasil. É um programa que pode ser feito por adultos, crianças e pessoas da terceira idade, sozinhos ou em grupos. Empresas especializadas encarregam-se do aluguel, reserva e manutenção das bicicletas e equipamentos.

Há três ciclovias, além de trilhas específicas para ciclistas. Entre o centro do balneário e a praia de Maracaípe são 3 km. Quem tem fôlego para pedalar 9 km pode fazer o passeio até o distrito de Nossa Senhora do Ó ou ao Morro do Outeiro, de onde se avista toda a baía de Maracaípe.

Em Nossa Senhora do Ó, reverenciar o maior baobá da região, com 400 anos, é obrigatório. Tentar abraçar o tronco de 4,5 metros de diâmetro dessa árvore natural de Madagascar (África) já é um pouco mais complicado, porque exige várias pessoas, mas o cenário impressiona.

 

Uma das empresas especializadas da região, a Loocabike, acompanha os passeios e oferece guia, carro de apoio, capacete e diversos tipos de bicicletas (amadoras e profissionais).

Loocabike – Telefone: (81) 4141-4422

 

 

Buggy

 

Foto: Bruna Bartolamei, blog contando as horas.

 

Para ir um pouco além da área principal do distrito, a dica é fazer o passeio de buggy, o chamado “ponta a ponta“, que leva às principais praias da região, desde a Ponta de Maracaípe até Muro Alto, fazendo paradas nas praias. A dica é procurar a Associação de Bugueiros ou escolher um bugueiro que tenha indicação de alguém para não cair em furadas.

É muito bom também para aproveitar com as crianças, principalmente porque Muro Alto é uma praia que mais parece uma piscina natural, já que ela não tem onda nenhuma, devido à barreira de corais em frente a ela. Para as crianças pequenas é ideal e a cor da água é cristalina.

 

Dica de empresas que fornecem passeios de Buggy:

Faby Buggy Turismo – Telefone: (81) 98155-6623

Essa empresa também oferece excursões de off-road, quadriciclo e 4WD, atividades ao ar livre, passeios de barco e esportes aquáticos.

 

Edii Turismo – Telefone: (81) 99819-0512  – também é whats app.
Além do passeio Ponta a Ponta, o Edii Turismo também realiza outras passeios de Buggy na região como Praia dos Carneiros/Tamandaré, Gaibu/Calhetas/Enseadas dos Corais, entre outros.

 

 

Jangada

 

Foto: blog pousadas baratas em Porto de Galinhas

 

Além dos diversos passeios oferecidos para conhecer praias próximas como Calhetas, Carneiros e Maragogi, há um passeio de jangada muito legal feito no Pontal de Macaraípe, onde se pode ver cavalos-marinhos e apreciar um visual deslumbrante. Esta é a melhor parte e a mais emocionante para as crianças! Tente pegar a maré baixa.

Os tíquetes para o passeio podem ser pegos em um mini quiosque, bem na descida das escadas principais para a praia, ou podem também ir direto para as jangadas, que eles acabam acomodando os visitantes. São acomodadas até 6 pessoas por jangada.

O passeio é muito divertido, com a água bem pertinho e encontro com alguns peixes já no caminho para os recifes de corais, logo em frente. Lá é possível ver várias piscinas naturais, com peixes coloridos, mas, em geral, muitos sargentinhos, riscados de amarelo e preto. Uma emoção para os pequenos!

Não se esqueça de levar sandálias que possam entrar na água, para não machucar os pés com corais ou ouriços!

O jangadeiro, em geral, traz ração para os peixes, para que as crianças possam alimentá-los.

Outra opção é ir ao finalzinho da tarde para, de quebra, apreciar o pôr do sol. O passeio de jangada para as piscinas naturais é o mais tradicional da região, aquele que não deve ficar fora do roteiro.

 

Dica de empresa que realiza esse tipo de passeio:

Porto de Galinhas Passeios – Telefones: (81) 98818-3844 – também é whats app | (81) 99978-0744

Essa empresa fornece muitos outros passeios, vale a pena conferir!

 

 

Muro Alto

 

 

Além de Porto de Galinhas, Muro Alto, Cupe, Macaraípe e Pontal de Macaraípe são bastante procuradas pelos turistas. Muro Alto, com seus resorts, é fantástica para crianças ou para quem gosta de um mar calminho – a praia está protegida por um longo arrecife e a impressão que se tem na maré baixa é de que a praia mais parece uma lagoa. Não deixe de incluir no seu roteiro!

O acesso é feito por bugues ou carro particular (estrada de terra muito boa), a entrada fica ao lado do posto da polícia rodoviária.

Para quem está hospedado em outra região, segundo visitantes, o melhor local para ficar é na Barraca da Ana, pois lá você tem a disposição bebidas e comidas a um preço razoável, estrutura de mesas, cadeiras e guarda-sóis, e você pode, também, praticar alguns esportes aquáticos, como Stand Up Paddle, já citado anteriormente, caiaque e andar de Banana Boat.

 

 

Passeios a cavalo

 

 

As paisagens de Maracaípe, emolduradas pela Mata Atlântica, manguezais e praia de águas azuis e areias brancas são perfeitas para passeios a cavalo.

A atividade dura cerca de uma hora e meia e é feita com acompanhamento de guia.

 

 

Passeio de Catamarã até a Ilha de Santo Aleixo e Praia de Carneiros

 

Foto: Darlan Ferreira, para o www.feriasbrasil.com.br.

 

O tour marítimo leva a dois interessantes pontos da costa de Pernambuco.

A praia de Carneiros é considerada uma das mais bonitas e rústicas do estado, enquanto a ilha de Santo Aleixo é famosa pelas dezenas de naufrágios em seus arredores, atraindo mergulhadores de diversas origens.

A ilha oferece ainda piscinas naturais e praias desertas.

O passeio dura 6 horas.

 

 

 

Praia Cacimbas

 

Foto: Tatiane Dias, blog por aí e por aqui.

 

Semi deserta, a praia das Cacimbas tem como destaque a formação rochosa junto à praia que abriga piscinas naturais e pequenas grutas escavadas pelas ondas. Belos coqueirais completam o visual. A praia de Cacimbas é calma e excelente para caminhadas. Essa é a praia para quem gosta de um local mais tranquilo!

O principal atrativo é o arenito rochoso de 50 m próximo a praia que possui grutas pequenas por onde entra a água quando a maré sobe e forma uma piscina natural.  Vale a pena levar máscara e snorkel para conferir essa obra de arte da natureza.

Em alguns trechos, as ondas são mais fortes e atraem surfistas.

O acesso a Cacimbas deve ser feito pela beira-mar em 3 km de caminhada, a partir de Serrambi, a pé ou de buggy.

 

 

Cachoeiras

 

Foto: www.trilhaseaventuras.com.br | Cachoeira do Urubu

 

Quem tiver interesse em desvendar a região, pode dar as costas para o mar – apenas durante algumas poucas horas, não se preocupe – e partir em direção à Zona da Mata pernambucana para descobrir outra atração igualmente bela: as cachoeiras de Primavera, cidade que fica a pouco mais de uma hora do balneário.

Geralmente, o passeio para conhecer as Cachoeiras em Porto de Galinhas é feito em cima de um jipe, posição que favorece a vista durante a trajetória, tomada pelas plantações de cana e pelas casas dos cortadores desse tipo de lavoura. Uma parada para ver o corte e a moagem da cana pode ser combinada a fim de conhecer melhor esta que é uma das principais culturas do Brasil.

Os passeios costumam sair das agências ou dos próprios hotéis.

A continuidade dos sacolejos compensa diante da chegada à Cachoeira do Urubu, localizada em um parque ecológico com o mesmo nome. A paisagem que emoldura os 33 metros dessa queda d’água é deslumbrante, mas o ideal é ficar mesmo em contemplação. As águas agitadas não recomendam um banho, prazer que não é frustrado ao ser experimentado na Cachoeira da Purificação, a segunda a ser visitada. O passeio termina na Cachoeira do Convento, onde o Restaurante Moquém garante as delícias da culinária típica nordestina, a exemplo do Baião de Dois e Bolinhos de Aipim.

 

 

Vida noturna

 

Foto: Centro de Porto – Google, Scott Stemm

 

Nem só do dia vive Porto de Galinhas. A noite também é agitada e pode começar com um jantar no pólo gastronômico da Vila de Todos os Santos, na praia de Maracaípe.

Em seguida, deixe-se levar pela animação dos bares com música ao vivo e das boates itinerantes montadas no centro e que oferecem os mais variados estilos – de funk a música eletrônica, passando por MPB e jazz.

Nos finais de semana, o tradicional forró do Palhoção reúne nativos e turistas.

 

 

Compras

 

Foto: www.pousadaportodegalinhas.org

 

Por toda a vila – em especial na Rua da Esperança – há lojinhas, barraquinhas e galerias que oferecem peças típicas confeccionadas pelos artesãos locais.

Além das tradicionais galinhas de cerâmica há entalhes em madeira, pinturas em tecidos, quadros, cintos, bolsas, redes, mantas, tapetes e bordados.

Instrumentos musicais, como tambores de maracatu, pandeiros artesanais e flautas de bambu, também estão à venda.

 

A gastronomia de Porto de Galinhas também não fica por baixo, possui temperos e aromas regionais incríveis. O Peixe na telha já está no roteiro turístico dos viajantes, que tal incluí-lo no seu?

 

Dicas de onde comer em Porto de Galinhas:

 

 

Munganga

 

Foto: Rafael Miranda, blog Pra Viagem.

 

Na galeria Caminho da Praia. Bonito, bem decorado, bons vinhos, cardápio regional e internacional.

Telefone para contato: 81 3352-2480

 

 

Gatos de Rua

 

Foto: Espaço gatos de rua

 

Restaurante, bar e loja, onde a decoração diferenciada faz todo o charme do espaço.

Telefone para contato: 81 3552-1044

 

 

Barcaxeira

 

Foto: Site oficial Restaurante Barcaxeira

 

Sua culinária oferece comidas típicas e uma macaxeira gratinada que já faz parte do roteiro turístico local. Vale a pena conferir.

Telefone para contato: 81 3552-1913

 

 

Domingos Restaurante

 

Foto: ©Eudes Santana Todos os direitos reservados

 

Ambiente de muito bom gosto, localizado dentro da Galeria Paraoby. Lagostas bem preparadas, camarões, peixes, cordeiros, massas artesanais e caseiras. Há também uma adega com ótimos rótulos.

Telefone para contato: 81 3552-2806

 

 

África Grill

 

Foto: Facebook África Grill

 

Especializado em receitas africanas de galeto, com molhos de sabores marcantes. O cardápio também inclui as famosas samosas de carne e frango, típica comida africana.

Telefone para contato: 81 3552-3056

 

 

Pizzeria Mamma Mia

 

Foto: blog Por aí e por aqui

 

Deliciosas pizzas de massa fina, em uma pizzaria simples, mas muito aconchegante.

Telefone para contato: 81 3552-1778

 

 

Beijupirá

 

Foto: Beijupirá Porto

 

Restaurante muito recomendado pelos viajantes e muito famoso pela criatividade dos pratos regionais. Necessário fazer reserva, solicite na recepção do hotel.

Telefone para contato: 81 3552-2354

 

 

La Crêperie

 

Foto: site La Crêpie

 

Deliciosos crepes, saladas e sopas. Prove o sorvete de tapioca e açaí, maravilhoso. À noite, convém solicitar reserva na recepção do hotel.

Telefone para contato: 81 3552-1831

 

 

Peixe na telha

 

Foto: site restaurante Peixe na Telha

 

Esse é um restaurante para aproveitar o visual e curtir uma refeição tranquila na beirinha da praia.

Como diz o nome, o lugar é especializado em peixes e frutos do mar, mas há também opções para quem prefere carne bovina ou frango.

O preço é bem legal para um restaurante à beira da praia. Tem música ao vivo, cardápio com pratos individuais ou para duas pessoas e várias alternativas gostosas.

Se quiser acertar, siga nossa sugestão e peça o tradicional peixe na telha – o peixe desmancha na boca!

Telefone para contato: 81 3552-1851

 

Ainda não sabe onde se hospedar? Nós temos uma dica para você, e o melhor de tudo: com um preço super acessível para sócio offletz. Confira as ofertas que separamos para você clicando aqui!

 

Conheça uma das praias mais atrativas do litoral pernambucano com a comodidade do condomínio Porto Belo Residence.
Diárias a partir de R$ 30,00 (por pessoa) em Porto de Galinhas – Apenas para o mês de Junho!

 

Natália Goldberg

Designer, especialista em comunicação empresarial. Apaixonada por gestão e impulsionadora de negócios através do marketing digital.

2 comentários em “Guia completo para curtir o feriadão de São João na praia de Porto de Galinhas – PE.

  1. Um guia realmente completo! A melhor coisa é viajar sem se preocupar em ficar pegando informações o tempo todo. Essas dicas vão me ajudar bastante!

  2. Muitas dicas interessantes para quem procura um lugar mais tranquilo nesse período junino!
    Estou pensando em levar minha esposa para passar o final de semana no final de Junho.

    Valeu pela dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *