Por que apostar no e-commerce?

O comércio eletrônico brasileiro vem crescendo continuamente. Só no primeiro semestre de 2016 cresceu 5,2%, chegando a R$ 19,6 bilhões, segundo relatório da E-bit.

Ainda segundo o relatório, o número de consumidores virtuais ativos (quem realizou pelo menos uma compra) cresceu 31%, com 23,1 milhões. Houve, ainda, crescimento de 18,8% nas vendas por meio de dispositivos móveis, mas com tendência de crescimento maior, pois em junho o percentual bateu os 23%. Além disso, houve alta de 7% no tíquete médio, que chegou a R$ 403,46. Aumento devido, ao menos em parte, à variação de 2,83% nos preços, conforme medido pelo índice FIPE/Buscapé.

Ao analisar os dados expostos, fica claro que os consumidores estão buscando, cada vez mais, comodidade e praticidade na hora de realizar suas compras. Levando em consideração que mais da metade da população brasileira – 58% (102 milhões de internautas) – acessa a internet através de dispositivos móveis, e que 59% recorrem primeiro à internet quando buscam qualquer tipo de informação, fica evidente que quem não está investindo um tempo para ingressar no e-commerce, está perdendo dinheiro. Muito dinheiro!

shutterstock_587575862

Para ilustrar melhor essa afirmação, coletamos mais dados sobre o comércio eletrônico no ano passado, 2016. Vejamos:

 

  • E-commerce brasileiro fatura R$9,75 bilhões e começa 2016 no azul. (dados da E-Bit/Buscapé)
  • O comércio eletrônico do Brasil fechou o primeiro trimestre do ano com uma receita de 9,75 bilhões de reais, valor 1% superior ao do mesmo período de 2015. (dados da E-Bit/Buscapé)
  • O tíquete médio aumentou 7%, passando de 373 reais para 399 reais entre 2015 e 2016. (dados da E-Bit/Buscapé)
  • 77% dos micro e pequenos empreendedores do comércio eletrônico cresceram 41% em vendas em 2016 segundo estudo Mercado Livre /IBOPE CONECTA , realizado com 512 empreendedores MPMEs (Micros, Pequenas e Médias empresas) em todo o Brasil.

 

Entre os empreendedores que não consideram a possibilidade de crescer em 2017, os fatores apontados são relacionados à economia brasileira (instabilidade econômica, instabilidade política, retração do consumo, diminuição do poder de compras). É nesse cenário que o Offletz surge, de forma inovadora, com o propósito de contribuir para o poder de compra, o equilíbrio financeiro e a prosperidade das pessoas, empresas e famílias.

Se você é um empreendedor e quer saber como funciona, como você pode aumentar a receita mensal do seu negócio, e potencializar sua presença digital no mercado; acesse nosso site ou o artigo que preparamos para você. Mas se você está querendo economizar e utilizar seu dinheiro de forma mais inteligente, confere aqui todos os benefícios que o Offletz pode te proporcionar.

Natália Goldberg

Designer, especialista em comunicação empresarial. Apaixonada por gestão e impulsionadora de negócios através do marketing digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *